Como montar uma creche – O passo a passo

Se você pretende saber como montar uma creche, mas não sabe por onde começar, tem dúvidas sobre o que é necessário, veja abaixo neste artigo todas as informações necessárias para iniciar o seu empreendimento.

Hoje em dia, devido a tantas atividades, os pais precisam deixar os seus pais em um local que seja seguro e confiável, e por muitas vezes optam por creches, tornando, assim, uma opção de negócio bastante rentável e prazerosa.

De modo geral, montar uma creche não é diferente do que qualquer outro tipo de negócio, mas o que mais deve ser estudado na elaboração de um plano de negócios, é se há público para ser atendido.

Sempre que houver clientes acima da capacidade da concorrência, isso já significa uma boa possibilidade de negócio.

As creches são locais que atendem crianças até três anos de idade, segundo a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação – CNE, do Ministério da Educação.

O passo a passo de como montar uma creche

Confira abaixo um verdadeiro passo a passo para montar uma creche e faturar em um mercado altamente promissor e com muitos espaços a serem conquistados.

1 – Público-alvo da creche

Quais seriam os clientes que buscariam a sua creche? No geral, o perfil de quem vai buscar uma creche para deixar o seu filho é aquela pessoa que necessita exercer alguma atividade naquele determinado horário, por exemplo trabalhar, e não conseguiu encontrar uma funcionária doméstica de confiança.

Então montar uma creche tende cada vez mais a ser um negócio promissor. Uma vez que o aumento da quantidade de mulheres no mercado de trabalho, assim como chefes de família também, torna-se cada vez mais necessário optar por uma creche.

É um mercado que vem ganhando muito espaço ao longo dos anos, sendo assim, primeiramente você deve analisar a região na qual deseja se instalar e saber qual a demanda para tal negócio

Além disso, é importante verificar a viabilidade de instalação da creche. Se é uma região onde existem muitas famílias com crianças, é uma clara opção de negócio já que os cuidados e a educação infantil são prioridades!

2 – Analisar a concorrência antes de montar uma creche

A partir do momento em que você já encontrou uma região para abrir uma creche, será necessário, agora, verificar quem são os seus concorrentes.

Inicialmente é bom fazer essa análise por meio de um mapa, sabendo onde elas se localizam, as formas de acesso e informações de logística da unidade.

Ao identificar o perfil da sua concorrência você também precisa observar fatores como escolas infantis e creches dos programas municipais e estaduais também, uma vez que elas podem ser, inclusive, seus concorrentes mais diretos, dependendo da região.

No processo de coleta de informações do concorrente, o futuro empresário deve buscar extrair o máximo possível, filtrando os pontos positivos do local e identificando os pontos onde pode mostrar um diferencial.

Os dados imprescindíveis que você precisa buscar são: Qualidade de serviço, atendimento, e preços praticados.

Durante a análise da concorrência pode ser que você tenha dúvidas se vale a pena ou não investir em montar uma creche, mas basta parar de analisar quantas pessoas reclamam da falta de vagas que você verá o quão lucrativo esse empreendimento pode ser.

Depois de juntar todas as informações que você coletou, é importante pensar em duas coisas simples, mas que farão a diferença: o que tenho a oferecer ao público infantil e qual será o meu diferencial nesse mercado?

3 – Local para instalação da creche

Na hora de decidir em que local montar uma creche é a hora de você se pôr na posição de cliente e se questionar se você atende às necessidades que podem surgir, pois abrir uma creche é analisar todas as abordagens possíveis.

Os pais sempre vão buscar priorizar locais de fácil acesso, proximidade com o trabalho ou residência, além da segurança e estacionamento.

Tenha em mente todos esses critérios antes de adquirir o seu ponto comercial, pois caso contrário você pode não ter sucesso, ou precisar passar todos os dias recebendo reclamações.

Igualmente necessário é analisar se esse local não é uma área de risco, por exemplo, de inundações, que podem atrapalhar o andamento das atividades e também prejuízos financeiros.

Como abrir uma creche

4 – O que é necessário no meu empreendimento?

Se você está pensando em abrir uma creche, deve ter em mente que este tipo de estabelecimento tem obrigações básicas para o devido atendimento das crianças.

A começar pela recepção e as demais áreas internas, até a parte externa para recreação e liberação das crianças com segurança na presença dos pais.

Para os visitantes é interessante que haja locais para acomodação, como sofás e cadeiras, assim como espaço para eles conhecerem os espaços, verificarem a seriedade dos serviços prestados e a evolução das crianças através dos trabalhos expostos na parede.

Enquanto isso, as crianças vão precisar de um berçário, e esse local se divide em outros sete, entre eles:

  • Dormitório
  • Recepção
  • Local de higiene do bebê
  • Sala de estimulação
  • Solário
  • Lactário e sala de amamentação

Destes itens citados, somente a sala de amamentação é opcional, e é importante que haja interligação entre esses cômodos para facilitar os trabalhos no dia a dia.

Por sua vez a sala de recreação precisa estar equipada com jogos, brinquedos, papéis, tintas e qualquer outro material que estimule a criança, com cada brinquedo possuindo a indicação correta para cada idade.

E caso haja área externa para recreação, é interessante que possua o chão emborrachado, uma vez que as possíveis quedas podem machucar.

Os funcionários precisam ter salas separadas e dedicadas, e contar com vestiário e sanitários próprios.

Por fim, o estabelecimento também deve contar com cozinha, despensa e sanitários específicos para as crianças.

5 – Regras importantes antes de montar uma creche

Por via de regra, o ambiente interno da creche deve seguir as regras de segurança e conforto para as crianças, de forma que haja ventilação e iluminação de qualidade, além de móveis específicos, ou seja, é importante investir em móveis com quinas arredondadas ou em protetores para as mesmas, protetores de tomadas e trancas para gavetas.

Para iniciar as suas atividades, uma creche deve entregar todos os documentos necessários para o processo de licenciamento, em torno de 120 antes da data de abertura da unidade.

Entre esses documentos estão o alvará de funcionamento e do corpo de bombeiros, certificações da vigilância sanitária, plano de educação e proposta pedagógica.

É comum que a fiscalização exija uma área mínima para abertura da creche, sendo, em média, um metro quadrado para cada aluno, sendo que a unidade não pode ter mais de 80% da área física ocupada.

Ideias para montar uma creche

6 – Disposições legais para a creche

Depois de montar uma creche você precisará se atentar a duas licenças obrigatórias e uma vistoria inicial antes de iniciar as suas atividades, que são:

  • Licença de funcionamento, fornecida pelo Instituto de Segurança Social
  • Licença de construção, requerida em conformidade à Câmara Municipal
  • Fiscalização da I.P., feito pelo Instituto de Segurança Social, verificando se todas as normas estão sendo atendidas antes das licenças serem emitidas.

Em paralelo a esses processos, você deverá contratar uma firma de contabilidade, que irá fazer todo o processo de abertura legal da sua empresa e registro nos órgãos respectivos para um bom funcionamento da unidade.

7 – Avaliação financeira antes de abrir uma creche

A avaliação financeira consiste na organização dos dados coletados a respeito de construção, equipamentos, material para as crianças, além de adicionar dados importantes como capital de giro, reserva de emergências, receita esperada e afins.

De posse dessas informações, com os seus devidos custos mensais fixos (qualquer valor que não haja alteração a depender da produção) e variáveis (tudo aquilo que possa variar entre um mês e outro a depender da sua utilização), você vai ser capaz de identificar em quanto tempo o seu investimento terá o retorno total e durante esse período qual vai ser o seu lucro mensal.

É importante analisar, caso o imóvel seja alugado, as informações legais do contrato e prazos para pagamento, pois caso o pagamento seja antes ao prazo máximo das mensalidades, pode ser que você não tenha capital em caixa necessário para quitar sua despesa.

8 – Profissionais necessários

Por último, mas não menos importante, vamos ressaltar alguns funcionários que você vai precisar em seu empreendimento. Dentre eles estão nutricionista, médico pediatra e enfermeira, sendo os dois primeiros podendo atuar em pequenas jornadas.

Você também vai precisar de profissionais para a limpeza e higienização do local, cozinheiros e auxiliares para preparar a alimentação, pessoal para a área administrativa, além de professores e auxiliares pedagógicos.

Entre as diversas oportunidades que publicamos em nossa seção sobre Ideias de Negócios, temos certeza que esta é uma das mais promissoras.

No primeiro momento pode parecer complicado, mas com o nosso guia e dando o primeiro passo em como montar a sua creche, você vai perceber que serão coisas naturais a seguir. Mantenha-se atualizada assinando o nosso Boletim Informativo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here