Mãe Empreendedora – O desafios da maternidade e empreendedorismo

Você acha que ser uma Mãe Empreendedora é um desses desafios que ficam apenas em propostas loucas de programas e sites sobre empreendedorismo feminino?

Bem, se você ainda está com esse pensamento, vou lhe adiantar que ele está bastante ultrapassado e os números comprovam isso.

Uma pesquisa do Sebrae mostra que as mães empreendedoras respondem por nada mais nada menos que 55% das novas empresas que são abertas no Brasil por mulheres.

Digo ainda mais, a taxa de sobrevivência das empresas fundadas pela Mãe Empreendedora é bem superior do que a média nacional, que segundo o Sebrae, está em torno de 47,5%.

Por isso, se você passa pelo conflito de ser mãe e ao mesmo tempo empreendedora, não se desespere, pois embora existam infelizmente algumas barreiras, o fato é que as mães empreendedoras são cada vez mais comuns no cenário empresarial brasileiro.

Os desafios das mães empreendedoras

É claro que a Mãe Empreendedora encontra desafios ímpares. Tudo começa antes mesmo de engravidar. É comum as mulheres que têm a pegada do empreendedorismo, ao pensarem em ser mães e comentarem essa ideia com outras pessoas, receberem uma mega dose de desestímulo.

Comentários do tipo não engravide pois um dia seus filhos irão lhe cobrar por não ficar tanto tempo com eles, ou então de que depois que tiver filhos não evoluirá mais na carreira ou negócio, ou que se você engravidar ficará fora do mercado de trabalho, costumam ser comuns.

O fato é que tudo isso é fruto do desconhecimento, e sejamos sinceras, as vezes de uma certa dose de inveja de outras mulheres. O empreendedorismo feminino não é de forma alguma incompatível com a maternidade.

O empoderamento das mulheres passa de certa forma pela desmistificação de que o empreendedorismo é incompatível com a maternidade. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. São dimensões diferentes da mulher.

Um dos principais desafios do empreendedorismo feminino no Brasil é justamente romper com essa relação antagônica entre a maternidade e a iniciativa empreendedora. É uma visão antiquada que tenta isolar a mulher do cenário empresarial.

É claro que você terá que fazer alguns arranjos para que possa desempenhar as duas funções ao mesmo tempo, mas maternidade e empreendedorismo podem sim conviver de forma bem harmônica.

O que motiva a mãe empreendedora?

A mulheres empreendedoras, após a maternidade passam a ter um estímulo a mais, e isso dá mais força para vencer os novos desafios que se apresentam, como por exemplo conciliar a maternidade e os negócios.

Muitas mulheres despertam para o empreendedorismo, justamente após a maternidade. Aproveitando o período de licença maternidade, muitas começam a pensar em abrir um negócio e utilizam este período para elaborar seu plano de negócios e dar seus primeiros passos.

Para outras mães empreendedoras a motivação é mais estrutural. Elas anseiam garantir um futuro melhor para seus filhos, e partem para montar seu próprio negócio, em bases sólidas e consistentes.

Como fica a mãe que já possui um negócio

Para as mulheres que já possuem o seu negócio próprio, a maternidade é um momento de rearrumação de rotinas para que possa se enquadrar no papel de mãe empreendedora. Você se tornou mãe mas “o show não pode parar”.

Durante os primeiros meses o ideal que que você crie uma rotina em home office, para poder dedicar mais tempo ao seu filho ou filha, neste período em que naturalmente os bebês requerem maior atenção materna.

Neste caso, é inquestionável que a rotina de amamentação e cuidados com o bebê vão interferir de alguma forma no andamento do negócio, mas nada que o inviabilize. Basta que você planeje com antecedência essas mudanças.

O ideal neste período é você partir para uma estrutura de home office para conciliar o trabalho em casa e os cuidados com o bebê. Aqui mesmo no Mulheres Empreendedoras temos um ótimo artigo sobre Dicas Para Uma Mãe em Home Office.

Mães Empreendedoras

Ideias de negócios para mães empreendedoras

Se você ainda não tem o seu negócio e resolveu ganhar dinheiro por conta própria, os primeiros meses de maternidade são ótimos para pesquisar, planejar e começar a dar os primeiros passos para a implementação do negócio.

Uma das opções preferidas pelas mulheres atualmente são os negócios online, que não requerem um investimento tão grande quanto os negócios físicos e que também oferecem a vantagem de você poder trabalhar em casa pela Internet.

Nesta área temos diversas opções, seja para montar um negócio próprio ou até mesmo para ganhar uma renda extra pela Internet. Entre as ideias mais interessantes temos:

  • Criação de uma loja virtual de nicho, aproveitando as ineficiências do mercado
  • Criação de cursos online, se você já possui experiência em uma determinada área
  • Criação de um blog especializado para poder comercializar espaços publicitários
  • Franquias online que não precisam de um grande investimento inicial

Em nosso artigo Como Ganhar Dinheiro na Internet, listamos diversas opções nesta área e certamente entre elas você encontrará uma que se adapte ao seu perfil empreendedor.

O importante aqui é deixar claro que é possível ganhar dinheiro online, mas é necessária dedicação e muito esforço. Não existe essa história de dinheiro fácil na Internet. Em nossa seção Negócios Online você terá um grande número de ideias nesta área.

Se você está trabalhando com uma estratégia de usar estes primeiros meses de maternidade para começar um negócio no ambiente físico, neste caso este pode ser um momento para pesquisa e planejamento, etapas essenciais para qualquer negócio de sucesso.

Aqui em nosso site, nas seções de Ideias de Negócios e Franquias, temos muitas opções de negócio para você analisar, e se o problema for o dinheiro para começar, você encontrará muitos deles que requerem um grande investimento inicial e que inclusive podem ser montados em casa.

O papel de Mãe Empreendedora vai requerer de você, como dissemos anteriormente, algumas mudanças em suas rotinas, mas basta que você assuma o firme propósito de realizar os seus dois sonhos, o de ser mãe e também empreendedora, para que tudo dê certo.

Como você pode ver, a figura da Mãe Empreendedora não possui nenhum conflito com a maternidade e carinho que você pode dedicar a seus filhos, muito pelo contrário, é de certa forma uma expressão de gratidão pelo estímulo que os filhos nos dão. Deixe seu comentário abaixo e mantenha-se atualizada assinando o nosso Boletim Informativo.

Por Josiane Osório, mãe e diretora executiva da Academia do Marketing

5.0
02

 

1 COMENTÁRIO

  1. Fiquei Muito Interessada pelo seu post sobre a mãe empreendedora.Vou acompanhar seu Blog que é muito bom. É TOP ! Esse tipo de conteúdo tem me agregado muito conhecimento.Grato !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here