Veja neste artigo como as sex shops para evangélicos vem ganhando espaço no mercado e se transformando em uma ótima opção de negócio em um nicho de mercado que possui um potencial de crescimento gigantesco e promete altos lucros.
Veja neste artigo como as sex shops para evangélicos vem ganhando espaço no mercado e se transformando em uma ótima opção de negócio em um nicho de mercado que possui um potencial de crescimento gigantesco e promete altos lucros.

Sex Shops para evangélicos ganham mercado

Não há porque se espantar, sex shops para evangélicos existem, como existem para diversas outras designações religiosas.

Para muitos casais amor e sexo podem estar sempre ligados. Mas no âmbito da religião esse é ainda um tema tabu pois as relações entre sexo e religião nem sempre são as mais pacíficas.

Se você é, por exemplo, de religião evangélica, e faz parte do grupo de mulheres femininas e que encara o sexo como algo de natural no relacionamento do casal, fique sabendo que existem agora novidades para apimentar a relação, e porque não contribuir para aumentar sua beleza feminina?

O mercado das sex shops para evangélicos

O número de evangélicos no Brasil cresceu muito nos últimos anos e hoje fala-se em mais de 52 milhões de pessoas. Isso fez com que o mercado criasse uma demanda por produtos erótico direcionados para esse público.

A força deste mercado é tão grande, que até mesmo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual – ABEME, lançou um livro, o Guia Gospel Para Sexshops e Consultores, que funciona como um guia para os empresários do setor que queiram atender ao público evangélico de forma específica.

É neste cenário que as sex shops para evangélicos vem crescendo no Brasil e no mundo. Com uma proposta diferenciada e segmentada, esse é um segmento para se prestar atenção como oportunidade de negócio.

No caso específico do nosso país, podemos perceber a força que esse mercado vem ganhando, até mesmo pelo lançamento de marcas específicas para este tipo de público como a In Heaven.

Surgiram as sex shops, tanto físicas como online, direcionadas para um público cristão, como a . Esta é uma tendência que tem aumentado o número de sex shops de outras religiões como a judia e a muçulmana.

Sex shops evangélicos são uma boa opção de negócio
Sex shops evangélicos são uma boa opção de negócio

No caso das sex shops cristãs, chamadas de “sex shops de Jesus”, a intenção é favorecer o relacionamento do casal contribuindo para que amor e sexo possam coexistir dentro de um casamento saudável.

Estas lojas são defensoras do casamento e pretendem ajudar casais a reacender a paixão e romance contribuindo para mulheres femininas e felizes.

Nas sex shops de Jesus você vai encontrar produtos que não são muito diferentes de outras sex shops, incluindo artigos variados desde a lingerie para realçar a beleza feminina, aos vibradores e aos lubrificantes.

No entanto existe algum cuidado com as imagens das embalagens que possam ser ofensivas e que por isso são retiradas. Existe também algum cuidado com os nomes atribuídos aos produtos, para que não sejam numa linguagem muito explícita.

Também as camisinhas ficam fora destas lojas, pois as mesmas respeitam o comportamento humano de cada povo. Outro item fora do mix de produtos, são os brinquedinhos sexuais ligados ao sexo anal.

O sucesso das sex shops para evangélicos

O sucesso tem sido crescente, tanto que alguns líderes religiosos já mencionam e recomendam uma visita às sex shops de Jesus online aos seus fiéis que precisam de aconselhamento para suas relações e casamentos.

Tudo isto prova que quando o tema é sexo e religião, já existe um novo conceito em que amor e sexo fazem parte de um casamento feliz e saudável. Por isso, não faz sentido qualquer tipo de sentimento de culpa na hora de incluir as sex shops para evangélicos entre as opções de negócios para você montar.

Acredito que o respeito ao ser humano deve existir de maneira mútua, independente da religião ou crença, inclusive nas questões sexuais. Somente assim poderemos ser mais felizes e harmoniosos!

As opções para criação do negócio

Para as mulheres empreendedoras que pensam em investir no mercado de sex shops para evangélicos, temos duas opções, a da loja física e a loja virtual.

No caso da loja física, o investimento é maior, já que você deverá investir em um bom ponto comercial e toda a estrutura física envolvida no projeto. Além disso, a localização é sempre um ponto meio complicado nesse segmento, pois muitas pessoas ainda tem um pouco de vergonha de serem vistas neste tipo de loja.

No caso do e-commerce, esse problema já não existe e o investimento inicial é bem menor, já que é possível montar uma loja virtual sem gastar muito, o que deixa o caixa mais folgado para o estoque e o marketing.

Agora que você já tem uma boa ideia sobre o mercado de sex shops para evangélicos, o que acha de incluir essa opção entre as suas alternativas de negócios? Mantenha-se informada sobre essa e outras opções de negócios, assinando nosso Boletim Informativo.

Por Maria Cristina

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

5.00 avg. rating (97% score) - 1 vote

DEIXE UMA RESPOSTA