Veja qual é o cenário das mulheres empreendedoras no Brasil e quais foram suas conquistas. Conheça os números que nos dão uma ideia do empreendedorismo feminino no Brasil e o que ainda precisa ser feito.
Veja qual é o cenário das mulheres empreendedoras no Brasil e quais foram suas conquistas. Conheça os números que nos dão uma ideia do empreendedorismo feminino no Brasil e o que ainda precisa ser feito.

Mulheres empreendedoras no Brasil – Perfil e perspectivas

Falar de mulheres empreendedoras no Brasil é falar de um grupo que, mesmo enfrentando dificuldades e preconceitos, não para de crescer.

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela Serasa Experian, o Brasil já conta com um contingente de mais de 5,7 milhões de mulheres empreendedoras, o que significa, aproximadamente, 8% da população feminina brasileira.

Se fizermos uma análise estritamente matemática do percentual de mulheres empreendedoras no Brasil, podemos até mesmo achá-lo baixo, mas se analisarmos do ponto de vista econômico e social, já é um número animador.

Temos que levar em consideração que vivemos em um país latino, com uma cultura ainda muito carregada de preconceitos, onde o empreendedorismo feminino não era visto com bons olhos, e muito menos estimulado, até bem pouco tempo.

Na medida em que a mulher se coloca como parte integrante da matriz de desenvolvimento sócio econômico, é de se esperar que esse percentual aumente gradativamente, como vem ocorrendo em outros países.

Mulheres empreendedoras à frente de negócio

As mudanças culturais e econômicas no Brasil vêm provocando uma mudança radical no perfil do empreendedorismo brasileiro, que deve ser assimilado por empresas e órgãos públicos para darmos prosseguimento a ascensão ao empreendedorismo feminino no Brasil.

Seja em função do despertar da mulher brasileira para o empreendedorismo, ou pelas mudanças provocadas pelo processo de empoderamento das mulheres, é cada vez maior o número de mulheres à frente de empresas.

A pesquisa revelou que 43% dos donos de empresas no Brasil são do sexo feminino, contra uma participação de 57% do sexo masculino. Outro dado interessante é que do total de empresas ativas no país, 30% delas tem mulheres como sócias.

O relatório mostra ainda que 59% das empreendedoras brasileiras estão na classificação de pequenas e médias empresas e 11% são sócias de grandes empresas. O perfil social mostra que estas mulheres em geral têm mais de trinta anos, um alto grau de escolaridade e elevado padrão de vida.

Ainda no que diz respeito ao tamanho das empresas a pesquisa Mosaic mostra que do total das mulheres empreendedoras no Brasil, 73% são sócias de pequenas e médias empresas, mas se levarmos em consideração as empresas no formato MEI – Micro Empreendedor Individual, esse percentual sobe para 98,5%.

O cenário e as perspectivas das mulheres empreendedoras no Brasil
O cenário e as perspectivas das mulheres empreendedoras no Brasil

Diferenças regionais também no número de mulheres empreendedoras no Brasil

As diferenças regionais também ficaram bem evidentes na pesquisa. Segundo ela, existe uma forte concentração de mulheres empreendedoras nas regiões Sudeste e Sul. Na região Sudeste concentram-se 52,06% das empreendedoras brasileiras e 19% na região Sul.

A região Nordeste conta com 16,53% das empreendedoras, seguida pela região Centro-Oeste, com 7,97% e em último lugar do ranking, a região norte com apenas 4,4%. É um cenário ainda tímido, mas o papel da mulher no empreendedorismo vem crescendo também nestas regiões.

Os desafios do empreendedorismo feminino no Brasil

Embora o papel das mulheres empreendedoras no Brasil venha crescendo, os desafios do empreendedorismo feminino ainda são muitos. As conquistas são graduais, mas ainda existem barreiras a serem quebradas como, por exemplo:

  • Baixa autoconfiança e crença em seu potencial empreendedor
  • Falta de apoio de familiares
  • Barreiras em um ambiente predominantemente masculino
  • Discriminação de gênero
  • Dupla jornada de trabalho das mulheres

Muito embora muita gente acredite que a questão do empreendedorismo feminino já tenha sido totalmente absorvida pela sociedade moderna, a verdade é que ainda existem muitos desafios e barreiras a serem vencidas.

   Leia o artigo Os Desafios do Empreendedorismo Feminino

Como podemos ver, o papel das mulheres empreendedoras no Brasil vem crescendo ano a ano, mas ainda precisamos nos esforçar para derrubar as barreiras ainda existentes e aumentar cada vez mais a participação feminina na economia e outros setores de nossa sociedade. Mantenha-se atualizada assinando nosso Boletim Informativo.

Por Josiane Osório

5.00 avg. rating (99% score) - 7 votes

DEIXE UMA RESPOSTA