Veja nesta matéria, como montar uma loja virtual gastando pouco dinheiro e mesmo assim, trabalhar com uma plataforma de e-commerce de alta performance e com recursos que possam garantir o sucesso deste negócio.
Veja nesta matéria, como montar uma loja virtual gastando pouco dinheiro e mesmo assim, trabalhar com uma plataforma de e-commerce de alta performance e com recursos que possam garantir o sucesso deste negócio.

Como montar uma loja virtual sem gastar muito

Nosso assunto de hoje é como montar uma loja virtual sem gastar muito dinheiro, uma dúvida que certamente parra pela cabeça de muitas empreendedoras e empreendedores nos dias de hoje.

Em meio à crise que assola o país, o e-commerce é um dos poucos setores que vem apresentando crescimento, como mostra o último relatório da consultoria e-Bit, o WebShoppers.

Neste cenário, muitas empresas estão buscando no comércio eletrônico, uma alternativa para aumentar seu faturamento e conquistar novos mercados, já que o investimento nessa iniciativa pode ser bastante reduzido.

É sobre isso mesmo que vamos tratar hoje. Como montar uma loja virtual sem gastar muito e mesmo assim ter um e-commerce de nível profissional e altamente competitivo. Parece utopia? Você verá que não é.

As opções para quem quer abrir uma loja virtual sem gastar muito

Hoje em dia, as opções para quem deseja montar um e-commerce são inúmeras. De lojas virtuais alugadas a sistemas próprio, temos um vasto leque de escolhas para o empreendedor que deseja ingressar neste setor.

O grande problema, é identificar neste verdadeiro mar de opções, quais são as mais viáveis e que mais se adaptam ao orçamento disponível para o seu projeto.

Em nosso curso de criação de lojas virtuais, discutimos esta questão em um extenso módulo, já que esse é um passo fundamental para qualquer projeto de e-commerce de sucesso. O sistema de e-commerce é o coração da loja, e por isso, merece uma atenção toda especial.

A escolha de uma plataforma de e-commerce, termo técnico para o sistema que cria a loja virtual, é como um casamento, por isso, é preciso pensar bem, antes de assumir o “compromisso”.

Em termos gerais, temos três opções para a criação de uma loja virtual:

  • Alugar uma plataforma de e-commerce pronta
  • Usar um sistema de e-commerce de código aberto
  • Desenvolver uma plataforma de e-commerce exclusiva

As três opções são válidas, mas existem diferenças a serem avaliadas em cada uma das situações. Por isso, vamos analisar cada uma delas, justamente em busca da resposta sobre como abrir uma loja virtual sem ganhar muito.

Alugar um sistema é opção para abrir uma loja virtual sem gastar muito

Veja como montar uma loja virtual sem gastar muito dinheiro
Veja como montar uma loja virtual gastando pouco dinheiro

A primeira opção, a de alugar uma loja virtual, é uma das saídas mais baratas para quem deseja montar um e-commerce.

Atualmente, diversas empresas disponibilizam esta opção, que tem um custo a partir de R$ 100,00 ao mês, para as soluções mais completas.

A grande vantagem neste caso é que você poderá contar um sistema pronto, que estará disponível tão logo os procedimentos de contratação estejam finalizados. Daí por diante, é pegar o seu planejamento e começar a configurar sua loja.

A desvantagem desse modelo é que você estará eternamente dependente dessa plataforma e se ela apresentar algum problema, ou não acompanhar a evolução do e-commerce, você estará amarrada a esse sistema.

Existem diversos fornecedores de plataformas de e-commerce alugadas no Brasil, e o melhor lugar para pesquisar as diversas opções é a seção de fornecedores de sistemas de lojas virtuais do Guia de E-commerce.

A opção dos sistemas de código aberto

Os sistemas de código aberto, também conhecidos como plataformas de e-commerce Open Source, são plataformas que podem ser usadas livremente, sem custo algum para o lojista. São sistemas de e-commerce completos que podem ser usados gratuitamente.

Para quem quer saber como montar uma loja virtual sem gastar muito dinheiro, essa pode ser uma das melhores opções, já que não envolve investimento algum em termos de aquisição do sistema. Além do mais, neste caso não existe a cobrança nem da taxa de instalação e nem de mensalidades.

O problema neste caso é que você terá que instalar a loja no seu endereço na Internet, mas mesmo assim, vale a pena. A melhor opção neste caso, é optar pela criação de uma loja virtual com o WordPress, que você poderá fazer a instalação, parte mais complicada do processo, de forma automática, diretamente com o seu provedor de hospedagem.

   Leia o artigo Como Montar Uma Loja Virtual Com WordPress

A grande vantagem neste caso é que você terá sua própria plataforma de e-commerce, sem pagar nada a ninguém e com autonomia para fazê-la crescer e se aperfeiçoar de acordo com as suas necessidades. Ser independente é um grande diferencial hoje em dia.

A opção da plataforma exclusiva

Bem, se a sua ideia é descobrir como montar uma loja virtual sem gastar muito, a opção das plataformas de e-commerce exclusivas certamente passa longe deste objetivo. Essa é uma das opções mais caras em termos de sistemas de e-commerce, e definitivamente, não é recomendável para quem está iniciando.

Esse modelo só faz sentido para grandes empresas, que possuem demandas tão específicas que não conseguem ser satisfeitas nem pelos sistemas alugados e nem pelos sistemas Open Source.

Nesse caso, você também terá como desvantagem estar sempre na mão de um desenvolvedor ou de uma empresa encarregada disso. Portanto, para quem está iniciando, certamente essa não é a melhor opção

Para complementar a leitura deste artigo, sugerimos que você também leia uma publicação anterior aqui no Mulheres Empreendedoras, sob o título Qual o Melhor Sistema de Loja Virtual.

Se você queria saber como montar uma loja virtual sem gastar muito dinheiro, espero ter ajudado nesta decisão, mas caso você ainda tenha alguma dúvida, deixe na área de comentários e certamente irei ajudar no que for possível. Mantenha-se atualizada, assinando nosso Boletim Informativo.

Por Josiane Osório, diretora e instrutora do Curso de E-commerce

5.00 avg. rating (99% score) - 8 votes

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA