Veja neste artigo como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno, uma solução muito interessante para montar o seu próprio negócio e ganhar um bom dinheiro nos meses de frio.
Veja neste artigo como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno, uma solução muito interessante para montar o seu próprio negócio e ganhar um bom dinheiro nos meses de frio.

Como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno

Veja como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno, uma opção de negócio de baixo investimento e muito lucrativo nos meses de frio no Brasil.

A temporada de frio vai chegando e com isso aumenta a procura por alimentos e bebidas mais quentes, com o objetivo de aquecer o corpo e se livrar um pouco do frio.

O caldo pode ser um bom exemplo disso e o mais interessante é que esse tipo de produto tem vendido bem não apenas no período de inverno, mas também durante todas as épocas do ano, afinal é um alimento delicioso.

Então ao longo desse artigo eu irei lhe dar várias dicas de como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno, e inclusive damos três receitas de caldos bem práticas para fazer e vender, além de vários outros detalhes que vão lhe ajudar a começar com o pé direito na venda do seu próprio produto.

Como vender caldos no inverno?

A primeira coisa que você precisará fazer é definir a forma como irá vender seus caldos e sopas no dia a dia, afinal de nada adianta ter as melhores receitas de caldos se não sabe exatamente como irá vender seu produto às pessoas interessadas em consumi-lo.

Quanto a isso, a maneira mais tradicional de trabalhar com a venda desse produto é montando um restaurante de caldos em uma rua bem movimentada, onde possa atender sua clientela, tanto em épocas frias quanto quentes.

Os caldos também podem ser vendidos em bares ou em eventos de sua cidade, portanto existem várias maneiras de começar trabalhar com a venda do seu produto.

Em épocas frias, se torna muito comum encontrarmos pessoas vendendo caldos com uma barraquinha ou um carrinho na rua. Só é preciso escolher um local bem movimentado, solicitar a licença da prefeitura para atuar no lugar e começar vender seus caldos todos os dias.

Como fazer caldos para vender?

Para começar no ramo é preciso ter boas receitas para produzir pelo menos três tipos de caldos diferentes para vender. Algumas pessoas chegam a oferecer mais de seis tipos de produtos, no entanto tudo é uma escolha pessoal e de adaptação às preferências do público que você deseja atingir.

Para a preparação, você investirá ainda na compra de panelas, caldeirões e talheres em geral. Também precisará comprar os ingredientes para preparação de cada tipo de caldo, condimentos e outros mais.

Caso a venda dos produtos aconteça na rua, você terá um custo a mais que será a compra de um fogareiro para manter os caldos aquecidos e uma barraca de ferro desmontável, de preferência com cobertura, para realizar suas vendas.

Quem vai vender caldos na porta de casa, por exemplo, da para começar sem precisar de tudo isso logo de cara, então planeje e decida como irá vender seus caldos, assim como os acessórios que necessitará.

Exemplos de pessoas vendendo caldos

Como ganhar dinheiro vendendo sopas no inverno

Hoje existem muitas pessoas que ganham a vida apenas vendendo caldos e isso acaba sendo uma grande inspiração para quem está pretendendo começar no ramo. Um dos maiores exemplos de sucesso nesse ramo é do Carlos e da Sônia, que trabalham a mais de dez anos com a venda de sopas e caldos em um carrinho na rua.

Eles vendem mais de trezentos e cinquenta pratos por dia e conseguiram mudar de vida graças à venda desse produto alimentício. Inclusive, o casal foi recentemente, destaque no programa Encontro com Fátima Bernardes.

Montar uma barraca de São João para venda de caldos também costuma dar bons resultados e é exatamente isso que faz o Valmir Moura, que trabalha a seis anos vendendo caldos no Parque do Povo em Campina Grande, tanto durante as festas juninas quanto em outras épocas do ano. Chega a vender quinhentos caldos por noite e o faturamento mensal fica entre R$ 12 e R$ 16 mil.

Um outro exemplo bem atípico de caldo que é vendido e que vem fazendo muito sucesso é do Clelson Corrêa que mantém um pequeno bar em Belo Horizonte chamado “Nonô – O rei do caldo de mocotó”.

Sim, ele vende caldo de mocotó e o negócio é um grande sucesso, chegando a vender até novecentos caldos por dia em épocas quentes e cerca de mil e quatrocentos caldos em épocas frias. Portanto são exemplos de pessoas que deram certo vendendo caldos e pode servir de inspiração para você.

Será que vender caldos no inverno dá dinheiro?

Até aqui eu procurei lhe mostrar como fazer caldos para vender e dar assim uma noção básica de como começar nesse ramo, portanto acredito que já deu para você notar que este tende a ser um bom negócio atualmente.

É lógico que em épocas mais frias as suas chances de lucro acabam sendo maiores, mas mesmo assim da para vender em todas as épocas do ano, caso você tenha um produto de boa qualidade e conquiste uma clientela fiel. Então ao meu ver, compensa bastante trabalhar com a produção de caldos para venda.

Sobre o dinheiro que é possível ganhar com esta atividade, saiba que será algo muito variável, mas um copo descartável de 300ml de caldo pode ser vendido hoje por cerca de R$ 3. Em épocas boas, na média você venderá cerca de 100 copos por dia, o que dará um faturamento diário de R$ 300.

Então, vender caldos é lucrativo sim e acredito que possa ser uma boa alternativa de negócio para tempos de crise como agora. Agora que você já sabe como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno, o que achou da ideia. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Como ganhar dinheiro vendendo caldos no inverno
4.7 (93.62%) 69 votos